Impermeabilização II


Impermeabilização II

Em continuidade ao post anterior, veremos as formas de impermeabilizar o contrapiso em contato com o solo.

No mercado, existem diversos produtos/formas para impermeabilizar da fundação ao telhado. Vou citar os que utilizarei na obra de acordo com a proteção recomendada pela Vedacit, que foi o material mais fácil de entender que encontrei, mas existem outras marcas que fornecem produtos semelhantes e são igualmente confiáveis, como mencionei no post anterior.

Quando comecei a ler sobre impermeabilizar, li uma reportagem que mostrou como o custo aumenta quando se faz a impermeabilização quando a obra já está pronta e muitas vezes com problemas de infiltração, trincas, rachaduras, etc.

Seguem algumas maneiras de impermeabilizar o piso de ambientes que estarão sujeitos à umidade.

3_4

Contrapiso em contato com o solo

Regularização:
Executar a regularização aplicando argamassa impermeável. Deixar a superfície perfeitamente regularizada com argamassa na espessura de 2 cm, dando-se o caimento (mínimo de 2%). É necessário molhar o concreto antes de colocar a argamassa.

Argamassa impermeável: 1 parte de cimento : 4 partes areia : 2Kg de hidrofugante (vedacit ou sika 1) para cada 50Kg de cimento.

Impermeabilizantes flexíveis

Recomenda-se a utilização de Vedatop ou SikaTop 100 que são revestimentos, semi flexíveis, impermeabilizantes e protetores.

– No caso de banheiros, lavanderias, cozinhas, reservatórios, caixas d´água potável, piscinas elevadas, aplicar antes uma demão do revestimento impermeabilizante flexível Sikatop flex ou Vedatop flex.
– Misturar os componentes A e B de Vedatop ou Sikatop 100;
– Aplicar de 2 a 4 demãos cruzadas de Vedatop ou Sikatop 100, com broxa ou trincha, no máximo 1 hora após a mistura, obedecendo a um intervalo de aproximadamente 6 horas entre as demãos.
– Ao redor de ralos, juntas de concretagem e meias-canas, recomenda-se a colocação da tela de poliéster como reforço entre a 1ª e a 2ª demão.
– Proteger contra o trânsito dos pedestres e dos raios solares, assentar o revestimento cerâmico;
– A impermeabilização subirá sem descontinuidade nos rodapés e beirais da laje, descendo nos ralos;
– Em áreas frias fazer o teste de estanqueidade 3 dias após a aplicação, deixando a área submersa por 24 horas.

Manta Asfáltica

Como alternativa para impermeabilizar banheiros, lavanderias, cozinhas, reservatórios, caixas d´água potável, piscinas elevadas pode-se utilizar manta asfáltica com polietileno ou manta asfáltica com Poliéster. Apesar do custo de aplicação ser maior a manta asfáltica possui durabilidade de 30 anos.
Essas mantas têm espessuras de 3mm ou 4mm. Para áreas de até 100m² utilizar a manta de espessura 3mm para áreas maiores recomenda-se utilizar a de 4mm.

Passo a passo:

1) Aplicar o primer para manta asfáltica e aguardar no mínimo 6 horas, até a sua secagem (25°C);

 2) Soldar a manta asfáltica contra o rodapé, subindo aproximadamente 30 cm;

3) Estender os rolos sobre a superfície a tratar no sentido oposto ao fluxo da água. Dispor as mantas, sobrepondo uma sobre a outra pelo menos 10 cm;

219-4
4) Aplicar a chama do maçarico na parte inferior da manta (lado negro), até sentir a colher deslizar suavemente, tomando cuidado para não aquecer demais;
5) Fazer o biselamento pressionando com a ponta da colher aquecida sobre as emendas para garantir sua perfeita vedação;
6) Depois de executada a impermeabilização, aconselha-se comprovar a estanqueidade do sistema. Para isso, vedar os ralos e manter, por 72 horas, uma lâmina de água com cerca de 5 cm;
7) Depois de realizado o teste de lâmina d’água, fazer a proteção mecânica: no rodapé sobre a manta asfáltica, fixar tela metálica ou similar, avançando 20 cm no piso;
8) Colocar uma camada separadora (papel Kraft, feltro asfáltico, etc.) e sobre ela colocar argamassa (cimento e areia traço 1:3) com espessura mínima de 2 cm e juntas de dilatação espaçadas convenientemente;
9) No rodapé sobre a tela metálica fazer o revestimento com argamassa (cimento e areia média traço 1:3).

Para ver o post impermeabilização I, clique aqui.

Fonte: http://www.vedacit.com.br/uploads/biblioteca/protecao-do-alicerce-ao-telhado-12.pdf ehttp://www.casadagua.com/

 

Anúncios

Um comentário sobre “Impermeabilização II

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s