Panelas de ferro

Uma das minhas paixões é por comida (rsrsrsrs).
Não é novidade que a panela utilizada para cozinhar o alimento faz toda diferença.
Panelas de ferro além de realçar o sabor dos alimentos e aumentar nossa ingestão de ferro, segundo uma pesquisa da Unicamp, podem até afastar a anemia.
As panelas coloridas francesas têm feito sucesso por aí, renomados chefs se dividem, escolhendo entre as panelas Staub e Le Creuset, vamos compará-las.

Staub

Criadas em 1974, por Francis Staub, podem ser utilizadas em todos os tipos de fogões
A Staub fabrica, na França, todos os seus produtos em ferro fundido esmaltado
Como é feita:

Le Creuset

Picture 540

Fundada em 1925, por Arnaud Desaegher e Octave Aubecq, dois industriais belgas
que começaram uma pequena produção de panelas esmaltadas de ferro fundido, em Fresnoy Le
Grande, no norte da França.
Hoje grande parte da produção é na França, mas alguns acessórios são frabricados nos EUA e na Indonésia.

Tabela Comparativa Staub e Le Creuset:

Características Staub Le Creuset
Produção Francesa Francesa
Material Ferro fundido Ferro fundido
Acabamento externo da panela Esmalte Esmalte
Acabamento interno da panela Esmalte preto fosco Esmalte branco
Acabamento externo da tampa Pegador de inox pegador de fenólico
Acabamento interno da tampa O sistema de irrigação constituído por picots espalhado Normal
Temperatura maxima que o pegador aguenta 600 °C 200 °C
Pode ser levado ao micro-ondas Não Não
Pode ser lavado em lava-louças sim Não recomendado
Pode ser levado ao forno sim sim
Pode ser levado a geladeira sim sim
Pode ser levado ao freezer sim sim
Pode ser levado a fogão a gás sim sim
Pode ser levado a fogão elétrico sim sim
Pode ser levado a fogão de indução sim sim
Garantia Vitalícia para defeito de fábrica Vitalícia para defeito de fábrica

Ah! Uma dica: no site da Staub tem umas receitas de dar água na boca. Dá para se divertir na cozinha. 🙂

Não esqueça de deixar nos comentários qual delas você prefere.

Fontes: http://blog.cookbeyond.com.br/panela-staub-ou-le-creuset/

http://www.lecreuset.com.br/historicohttp://www.staub.fr/pt/historia.html