Cisterna

Algumas pessoas pediram para eu escrever sobre o aproveitamento de água da chuva lá no Insta, e eu fiquei devendo esse post. Desculpem a demora em responder, tentei explicar da melhor forma como funciona esse sistema e como foi que fizemos na nossa casa. Espero que gostem, se surgir dúvidas fico à disposição para tentar responder.

Vamos lá…

Captar água da chuva e armazená-la para posterior utilização é uma forma econômica e sustentável de diminuir a demanda de utilização da água tratada. Como a água da chuva não é tratada podemos utilizá-la para irrigar o jardim, lavar as calçadas e o carro.

O sistema funciona basicamente através da instalação de cisterna para armazenamento da água levada pelas calhas. Antes da água chegar à cisterna passa por um filtro  que elimina folhas e pedaços de galhos,

Cisterna

agua-de-chuva1p

Pontos positivos:

  • Pode representar economia de até 50% na conta de água;
  • Pode ser instalada em qualquer ambiente;
  • É uma atitude ecologicamente responsável, pois substitui a utilização de água potável;
  • Ajuda a conter enchentes, e
  • Ajuda em tempos de crise hídrica.

A seguir, o vídeo explica sobre o uso e a instalação da cisterna:

Formas de armazenar a água da chuva:

Cisterna aparente

cisternas-verticais-modulares

Cisterna enterrada no solo

ref_cisterna_plastico8

Como foi feito na nossa casa:

CISTERNA

Optamos por armazenar a água da chuva no telhado, pois o investimento é menor – não tem gastos com bombas e com a infraestrutura para instalar a cisterna no subsolo.

As calhas levam a água da chuva diretamente para essa cisterna que fica dentro do “cômodo” que abriga a caixa de água e o boiler (em cima da casa).

É isso… procurei um forma simples para explicar, espero que tenham gostado.

Bjs

 

Cortinas, persianas, telas solares… o quê escolher para a nossa casa?

Cortinas, persianas, telas solares… o quê escolher para a nossa casa?

Existe uma enorme variedade de modelos de cortinas. Basicamente, dá para dividir assim: as de tecido produzidas artesanalmente e as industrializadas.

As de tecido, acredito que vocês já devem conhecer, podem ser feitas em uma infinidade de modelos de pregas e são penduradas através de trilhos ou varões.

As cortinas industrializadas: cortina rolô (com ou sem blackout – as sem blackout também são conhecidas como telas solares), cortina miragem, rolô duo (amei essa), painel ou romana.

Tanto as de tecido como as industrializadas podem ser motorizadas, dependendo do tamanho e do modelo escolhido, ou podem ser acionadas através do comando – evita sujar as cortinas ao abri-las com as mãos – no caso das cortinas de tecido.

Para quem está disposto a investir um valor maior, as cortinas da marca Hunter Douglas são uma excelente opção.

As telas solares da Hunter Douglas, além da função cortina que possui, foi desenvolvida para proporcionar maior conforto térmico, impedindo a propagação do calor no ambiente em que estiver instalada.

Para quem está construindo, lembrar que, se forem optar por cortinas motorizadas, tem que deixar um ponto de energia para o motor funcionar.

Bjs

 

 

 

 

 

 

 

Lareiras européias

O inverno está chegando, na verdade está tão frio que pra mim já é inverno. Vamos falar de lareira? Afinal, estou precisando urgente de uma. 🙂

Há um tempo atrás eu escrevi aqui sobre as lareiras de dupla combustão.

Hoje, passeando pelo Pinterest encontrei umas fotos que postei a seguir. Depois das inspirações, mostrarei quais marcas e onde você encontrará no Brasil.

lareiralareira1lareira2lareira3lareira4lareira5

As marcas que encontrei foram, passe o mouse nas figuras para ver os modelos.

 

Onde você encontrará:

https://www.centraldaslareiras.com.br

https://www.skorinstore.com.br

http://www.paxmaimports.com/

Bjs

 

Lugar de lazer em casa

As tendências de decoração cada vez mais buscam revelar ambientes mais acolhedores e  aconchegantes. Uma das propostas é construir ambientes para se passar tempo com os amigos e a família.
Todo esse aconchego tem sido mais explorado nos ambientes internos, mas porque não levarmos essa atmosfera para a varanda e jardim? Afinal, estamos em um país tropical, onde predomina temperaturas mais altas.
Pensando nisso, selecionei algumas fotos de jardins e varandas para convencer vocês de que também é acolhedor passar o tempo com as pessoas ao ar livre.
Lugar de lazer em casa
DUPLEX 490m²: Terraços  por Nejaim Azevedo Arquitetos Associados
DUPLEX 490m² por Nejaim Azevedo Arquitetos Associados
Residência em Itaúna - MG: Terraços  por Beth Nejm
Residência em Itaúna – MG por Beth Nejm
Residencia de Surfista: Jardins tropicais por Marcos Contrera Arquitetura & Interiores
Residencia de Surfista por Marcos Contrera Arquitetura & Interiores
Casa Marítimo - Seferin Arquitetura: Terraços  por Seferin Arquitetura
Casa Marítimo – Seferin Arquitetura 
:   por Eduarda Corrêa Arquitetura & Interiores
por Eduarda Corrêa Arquitetura & Interiores
:   por Eduarda Corrêa Arquitetura & Interiores
por Eduarda Corrêa Arquitetura & Interiores
Residencial Unifamiliar: Terraços  por Marcelo John Arquitetura e Interiores
Residencial Unifamiliar por Marcelo John Arquitetura e Interiores
Rua Austria: Terraços  por Prado Zogbi Tobar
Austria por Prado Zogbi Tobar
RESIDÊNCIA RP WIMBLEDON: Cozinhas modernas por BC Arquitetos
por BC Arquitetos

O uso dos toldos e ombrelones aplaca a incidência do sol e protege da chuva garantindo um maior conforto.

Duas marcas de excelente qualidade são: Stobag e a Hunter Douglas.

Stobag

A empresa foi fundada em 1964, em Zurique, por Ernst Gremaud. Chegou ao Brasil em 1992, em 2003 iniciou a produção de peças e componentes em São José dos Pinhais e em 2011 inaugurou o primeiro Business Center – o showroom que expõe os produtos da marca.

Os toldos, coberturas e guarda-sóis fabricados pela Stobag possuem duráveis sistemas de proteção contra o sol e intempéries, e são desenvolvidos com tecnologia Suíça

Está presente em países como: Áustria, Itália, Espanha, Holanda e América do Norte.

Alguns produtos podem ser acionados através de controles remoto, controles de parede e interruptores, além de contar ainda com um sistema inteligente de sensor de clima que pode ser utilizado em produtos motorizados.

Hunter Douglas

Sua matriz foi fundada em Rotterdam, na Holanda, em 1919. Possui empresas entre os continentes: América, Ásia, Europa e Oceania.

No Brasil, inaugurou sua comercialização de cortinas, persianas e toldos em 1991. Está localizada em Campinas, no Jardim Genebra e possui revenda que atendem todo o mercado brasileiro.

Seus produtos motorizados podem ser acionados através de controle remoto, tablet ou smartphone.

Fonte: http://www.homify.com.br, www.stobag.com.br, www.hunterdouglas.com.br

Bjs